domingo, outubro 15, 2006

Congresso recomenda pensar global e agir local para combater insucesso escolar


Os participantes no 1º Congresso Nacional de Combate ao Insucesso e Abandono Escolar, que terminou hoje em Resende, Viseu, concluíram que para combater o problema é preciso “pensar global e agir local”. Em debate neste encontro estiveram as causas e consequências do absentismo, insucesso e abandono escolar.
Tatiana Almeida, representante da Associação Juvenil para o Desenvolvimento (Ajude), frisou que “o combate ao insucesso escolar começa no ensino pré-escolar”, uma altura em que “são desenvolvidas as primeiras aprendizagens sociais”.
No ensino actual, “a escola não conhece o aluno enquanto indivíduo que chega com uma história de vida”, sendo necessário “um acompanhamento directo ao longo de todo o ensino”, acrescentou.
A mesma responsável apontou ainda a “necessidade de regionalizar a educação”, de forma a “tornar o sistema de ensino mais próximo”. “Ao conferir às autarquias o poder de investir na sua região, é possível dar uma maior autonomia às escolas para que no seu meio possam resolver os problemas”, explicou.
Entre as conclusões apresentadas, a representante da AJUDE apontou também a necessidade de “recriar a ligação entre a escola e a comunidade”. Cada escola é “um caso concreto que pode desenvolver soluções específicas e individuais que envolvam toda a comunidade. É também neste âmbito que a família pode ser um instrumento de sucesso”, frisou.
Após dois dias de debate, concluiu-se ser “urgente a criação de uma nova cultura, baseada no gosto pela leitura, pelo ensino e pela escola com níveis de qualidade cada vez mais elevados”, lembrou.
O caminho a seguir passa por uma aposta na “qualificação portuguesa e numa formação continuada”.No sábado, na sessão de abertura do Congresso, a directora regional da Educação do Norte, Margarida Moreira, defendeu que a escola deve funcionar como organização e que o insucesso escolar deve ser combatido por todos, porque “não é só da responsabilidade do Governo”.
O 1º Congresso Nacional de Combate ao Insucesso e Abandono Escolar foi promovido pela Ajude, em parceria com a Câmara Municipal de Resende.
in LUSA

1 Comments:

Blogger pedro_nunes_no_mundo said...

"A escola deve funcionar como organização e o insucesso escolar deve ser combatido por todos, porque “não é só da responsabilidade do Governo”".

Há aqui uma truncagenzita que corrijo.
"A Educação deve funcionar como organização e o insucesso escolar deve ser combatido por todos, porque “não é só da responsabilidade da escola”".
Assim, sim.

Pequenos detalhes no discurso de uma DRE...

segunda-feira, outubro 16, 2006  

Enviar um comentário

<< Home