segunda-feira, novembro 20, 2006

Escolas têm de manter "educação integral" dos alunos

O secretário de Estado Adjunto e da Educação, Jorge Pedreira, afirmou hoje que a "insistência" do seu ministério nos resultados escolares dos alunos não deve levar as escolas a esquecer o seu papel na "educação integral" dos jovens.
"Temos insistido muito para que as escolas se concentrem nos resultados escolares dos alunos. Mas não temos nenhuma vontade de que as escolas deixem de ter um papel na educação integral dos alunos como pessoas", disse.Jorge Pedreira, que falava no Porto no X Encontro Nacional das Escolas afirmou que "há projectos nesta área que não devem ser prejudicados com a concentração nos resultados escolares".
"As escolas têm meios para isso (...). Claro que umas com mais êxito do que outras, porque há desigualdade de meios entre elas e lideranças diferentes", disse, em declarações à Lusa.
Referindo a existência de clubes e outras "organizações espontâneas e informais" dos alunos, Jorge Pedreira afirmou que "há professores com muito carinho por estas actividades da componente não lectiva".
O Encontro Nacional das Escolas Associadas da UNESCO, que decorre na Escola Superior de Educação do Porto, reúne representantes dos estabelecimentos de ensino portugueses com esta classificação, assim como convidados da Argélia, Bulgária, Espanha, Hungria, Moçambique e Polónia.
A iniciativa visa estabelecer uma lista de projectos na área da educação para o desenvolvimento sustentável a apadrinhar pela Comissão Nacional da UNESCO e criar parcerias entre escolas portuguesas e com redes idênticas de outros países.
As Nações Unidas declararam o decénio 2005-2014 como a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável, tendo atribuído à UNESCO a responsabilidade de delinear o respectivo programa de acção.
in LUSA

1 Comments:

Anonymous sizandro said...

Venho por este meio agradecer ao dr. pedreira a lição de pedagogia que nos deu. Felizmente que há pessoas neste país interessadas na formação integral dos alunos e não nas notas ena quantidade de horas que o aluno passa na escola. Felizmente que há este tipo de pessoas que chama os professores à razão e lhes lembra estas coisas.
Bem haja para si.

terça-feira, novembro 21, 2006  

Enviar um comentário

<< Home