quarta-feira, fevereiro 06, 2008

CDS-PP quer ouvir explicações da ministra da Educação sobre a avaliação dos professores

O CDS-PP vai pedir na quinta-feira que a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, explique no Parlamento o sistema de avaliação de professores, “uma matéria muito importante que não pode manter a actual configuração”, anunciou hoje o líder parlamentar do partido, Diogo Feio.

O partido considera “essencial” um sistema de avaliação de professores mas “não pode concordar com aquele (do Governo), que é um mau método”. Segundo Diogo Feio, o decreto regulamentar sobre a matéria é de “impossível leitura”.

Para o CDS-PP, o facto dos alunos contribuírem para a avaliação dos professores “é um mau sinal” e “pode ser perigoso, no sentido de algum facilitismo”.

Ontem, o secretário de Estado adjunto da Educação, Jorge Pedreira, garantiu que o processo não volta atrás.

O decreto que regulamenta a avaliação de desempenho dos docentes foi publicado em Diário da República, a 10 de Janeiro. Mas, os prazos que prevê tiveram de ser alterados porque ainda não são conhecidas as recomendações do Concelho Cientifico para a Avaliação dos Professores.

Ontem, a Federação Nacional de Professores (Fenprof) entregou no Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra a primeira de quatro providências cautelares que visam suspender os procedimentos internos das escolas para avaliação do desempenho dos professores. A Fenprof alega que a legislação não está a ser cumprida e imputa ao Ministério da Educação responsabilidades no processo, acusando-o de não ter constituído um conselho científico como manda a lei.
in LUSA