quarta-feira, dezembro 17, 2008

Aí estão os politicos nas escolas

Em Conselho de Ministros foi hoje aprovado um decreto regulamentar que fixa o suplemento remuneratório que os professores com cargos de direcção de escolas terão, assim como os prémios de desempenho atribuídos a directores, subdirectores e adjuntos das escolas ou aos directores dos centros de formação e aos coordenadores de estabelecimentos de educação integrados em agrupamentos.

O novo regime de autonomia, administração e gestão das escolas instituiu a figura do director, coadjuvado por um subdirector e adjuntos, no sentido de reforçar a liderança das escolas. “Ao director ficou reservada a gestão administrativa, financeira e pedagógica da escola, cabendo-lhe por isso a presidência do conselho pedagógico e a designação dos coordenadores, tanto dos estabelecimentos integrados nos agrupamentos de escolas como dos departamentos curriculares”, lê-se no comunicado.

De acordo com o Governo, “a redução do número de unidades de gestão e de estabelecimentos integrados em agrupamentos, assim como as próprias regras de atribuição do suplemento remuneratório permitiram acomodar os encargos resultantes” destas novas responsabilidades atribuídas. As novas regras aplicam-se apenas aos directores, subdirectores e adjuntos designados ao abrigo do novo regime.

in LUSA