quinta-feira, janeiro 15, 2009

Avaliação no Parlamento: votos mal contados

Guilherme Silva, vice-presidente da Assembleia da República, defende que a proposta do CDS para a suspensão da avaliação dos professores, votada na polémica sessão parlamentar de sexta-feira, dia 5, foi aprovada na primeira votação.

A notícia é avançada pela edição deste sábado do Expresso e dá conta que o anúncio de rejeição da proposta, feito por Jaime Gama, está «enferma de lapso», pois não levou em conta os votos divergentes de sete deputados do PS.

Para Guilherme Silva é só fazer as contas: o PS tem sobre a oposição uma vantagem de seis deputados e houve seis socialistas que votaram ao lado da oposição, logo, os dois lados ficam empatados. Como houve mais um socialista que se absteve, o PS ficou com menos um voto. Ou seja, para o social-democrata, o «anúncio de rejeição está enferma de lapso, pois em conformidade com as regras, a votação por bancadas pressupõe em cada grupo parlamentar a totalidade dos seus deputados, e só deduzem os votos contrários ao sentido de voto da bancada».

in EXPRESSO (ver edição de 17 de Janeiro de 2009)

3 Comments:

Blogger João Soares said...

Colegas
Organizem-se, juntem-se e no dia 19,dirijam-se a meio da manhã para o centro das vossas cidades e vivam a nossa presença e a vossa cidade, mas em silêncio.
9. Os membros dos órgãos de gestão podem aderir à Greve não comparecendo na escola?- SIM! A forma de aderir à Greve por parte dos membros dos órgãos de gestão é a mesma que foi referida para qualquer outro docente.
Dirijo-me aos indecisos, dirijo-me aos conformados, dirijo-me aos que Acreditam!!!
Hoje, sábado e domingo. Reflictam um pouco mais...creio que é uma chance única.
É chegada a hora!!! Não deixem de sonhar...
Colegas: vamos aceitar a divisão da carreira...uma avaliação com base nas quotas?
O silêncio por vezes é intenso e reactivo, tão duro ou mais que o aço da humilhação a que jamais temos assistido em toda a nossa vivência enquanto professores.
Como a Marcha do Sal de Gandhi...agora faríamos a marcha do Silêncio. Não percam a Esperança e vamos para a rua, mostrar a nossa indignação. Divulguem por TODOS os professores!

sexta-feira, janeiro 16, 2009  
OpenID pedronunesnomundo said...

pois.

tinhas falado disto e fui ver.

como é que num sistema "democrático" parlamentar uma coisa destas passa por baixo da ponte sem ruído?
(da parte de NINGUÉM, entenda-se...)

terça-feira, janeiro 20, 2009  
Anonymous maicher said...

Runescape Account
Runescape Accounts

domingo, fevereiro 15, 2009  

Enviar um comentário

<< Home